Chrome para Android – Análise Completa

Veja uma análise completa da chegada do Google Chrome para Android. Conheça as principais características e integrações do Chrome para Android.

Logo do Navegador Google ChromeRecentemente o Google lançou a versão do Google Chrome para dispositivos Android. A notícia é realmente muito boa, mas não tão animadora, pois só está disponível apenas para quem possui a versão 4 do Android (Ice Cream Sandwich) para tablets ou smartphones. O vídeo de apresentação do aplicativo é sem dúvida muito convidativo, confira abaixo o vídeo de apresentação.

Video: Apresentação do Google Chrome para Android





Apresentação do Google Chrome para Android Beta. Descubra as novas funções e destaques do navegador que mais cresce em utilização no mundo, agora na versão mobile.

Como podemos ver no vídeo um dos grandes diferencias de se usar o Chrome para Android será a total integração com a sua versão desktop, ou seja, será possível acessar seu histórico, receber sugestões de pesquisas na omnibox – barra de pesquisa do Chrome – baseado no seu histórico de pesquisas anteriores,  favoritos e inclusive visualizar as abas que estão abertas atualmente no chrome para desktop, irei especificar melhor cada característica dessa abaixo.

Histórico

Na verdade teu histórico está disponível a qualquer momento que quiser, bastando visitar logado em sua conta a sua dashboard (painel de controle) da sua conta no Google, lá irá conter sua conta do Gmail, seus dados do Android – se tiver um registrado -, dados do seu Google Reader e todos os produtos do Google que você possuir.

Omnibox

Ao começar a digitar na Omnibox – barra versátil do Chrome que você pode pesquisar ou digitar um endereço – no seu Chrome para Android ele vai sugerir sites ou buscas de acordo com pesquisas já realizadas pelo usuário na versão desktop, desde que o usuário esteja logado realizando a pesquisa.

Favoritos

As duas funções atrás, já até poderíamos esperar, pois o Google iria se basear no seu histórico de pesquisa na web, logado na conta, para sugerir pesquisas e mostrar seu histórico. O destaque mesmo fica por conta desse item e do próximo. Nessa versão mobile do Chrome o usuário poderá visualizar os favoritos que ele marcou a partir do smartphone ou tablet e também ao que ele “favoritou” no desktop de forma muita organizada. Veja como isto está disposto nos favoritos no Chrome na imagem ao lado. Esta característica foi testada e funcionou perfeitamente aqui. A única coisa que é necessária é deixar o compartilhamento do Android ativado e fazer o login em sua conta do Google no Chrome para que essa sincronização funcione corretamente.

Favoritos do Chrome Android

Visualização das abas do Chrome para Desktop no Chrome para Android

Essa sem dúvida será a característica que mais irá chamará a atenção de todos os usuários do novo Chrome para Android. Com esse recurso o usuário terá acesso acesso a um menu que exibirá todas as páginas que estão abertas na versão do Chrome para desktop. O Google afirma que esse recurso será útil quando você precisa sair do desktop e não quer parar o que estava fazendo, então continua de onde parou no smartphone ou tablet. Apenas falar não adiantar nada, por isso tirei um print screen do tablet para mostrar o quão interessante é este recurso e a total compatibilidade com o chrome, pois como vão notar o chrome desktop é para a versão linux e isso não representou nenhum problema para o chrome que exibiu com tranquilidade todas as abas abertas no meu desktop.

Aba de Sincronização do Chrome Android

Um detalhe sobre essa imagem postada aí em cima mostra como o Android e desenvolvedores para os apps que roda no mesmo estão tão produtivos, pois tirei o print screen e compartilhei através do Ubuntu One e em questões de segundos já estava no meu linux sem usar nenhum fio, drivers e com total facilidade, bastaram alguns toques na tela.

Além de todas essas características únicas da versão mobile, o Chrome por si só já garante qualidade no aplicativo: Uma engine invejável de Javascript, navegação privativa e abas independentes – se ocorrer algum bug em uma aba, apenas aquela aba será afetada –  são alguns exemplos do navegador.

E você o que achou do Google Chrome? Já testou?

 

Os comentários estão fechados.